Sexta-feira, 27 de Abril de 2007
Um pouco sobre columbofilia
Sabia que há pombos que conseguem fazer Algarve-Gaia em menos de quatro horas? E que a era da electrónica permite que se controlem os tempos dos pombos, tal qual se faz no atletismo? E que um pombo pode chegar aos 130 km/h? Pois bem, o mundo dos pombos reserva-nos enormes surpresas, num animal com um notável sentido de orientação. Chegam mesmo a conseguir voar de Gaia até Barcelona. Se o homem ao longo da história construiu fronteiras, o pombo conserva com o seu voo os valores da universalidade.
O Centro Columbófilo de Seixezelo foi fundado em 1976 e tem neste momento Francisco Moreira como presidente de direcção. “Todas as semanas participámos em provas”, salienta, ressalvando que existem no entanto valores mais importantes que a própria competição. “A essência da columbofilia é o convívio, a música. É o escape do nosso dia-a-dia”. Apesar de ser uma forma de ocupação de tempos livres, há quem faça mesmo da columbofilia o seu ganha-pão. “Um bom pombo pode valer 100 mil euros. A nível internacional já existem profissionais de columbofilia”.
Num desporto muito apreciado em Vila Nova de Gaia, uma pergunta ocorre àqueles que dão os primeiros passos no seu entendimento. “A orientação dos pombos é uma coisa que ainda ninguém conseguiu explicar muito bem. Dizem que se orientam pelo magnetismo da terra”. E assim, nesta aventura, os pombos fazem provas de velocidade, meio-fundo e fundo tal como no atletismo. E, no seu universo, também existem aqueles os “Obikwelus”. “Um pombo campeão nunca se atrasa. Tenho cerca de 300 pombos em casa mas estou sempre atento a ver se o craque chega intacto ao pombal”, exclama ao mesmo tempo que clarifica a própria natureza do animal, que todos os dias consegue regressar à sua “casa”.
Mas hoje voar é mais fácil. Se esta máxima se aplica aos aviões comerciais ela também se aplica à columbofilia. Chips electrónicos colocados na anilha marcam o tempo de forma digital e os columbófilos chegam mesmo a receber mensagens no telemóvel quando isso acontece. E não é tudo, porque a breve prazo existirá um sistema de localização geo-referenciado que permitirá ver em tempo real onde se encontra o pombo. “Hoje em dia já são poucos os pombos que se perdem”.
De tanto os vermos todos os dias por certo que nunca nos apercebemos das múltiplas curiosidades deste animal. Francisco Moreira refere mesmo que os pombos chegam mesmo “a prever o tempo. Quando sentem que o tempo vai estar mau ficam aninhados e não saem do pombal”, exclama, dando a conhecer os dois adversários do pombo: o calor e o nevoeiro. “Quando está calor o pombo desidrata-se e não consegue voar. Quando o nevoeiro aparece também é muito complicado, porque é um animal muito dependente do seu sentido de orientação”.
Com cerca de 40 sócios, o Centro Columbófilo de Seixezelo participa em provas em todo o país. “É uma colectividade feita por columbófilos mas não quero deixar passar em vão o excepcional apoio que a Junta de Freguesia nos deu. Além de nos ceder a sala ainda nos empresta o camião para levarmos os pombos para a concentração”. Às portas da nova época (a época columbófila vai de Janeiro até Junho), Francisco Moreira espera que os bons resultados apareçam, salientando que os seus craques já estão preparados para altos voos!


publicado por Gil Nunes às 01:13
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


posts recentes

Novo Blog

Gil e a Igreja

Memórias dos 30 - O Pesad...

Auto-brincadeiras: todos ...

Memórias dos 30- Emanuel ...

Memórias dos 30 - O Marte...

Memórias dos 30 - Estrela...

O besouro(150 dias até ao...

Polonia -dia 1

A vodka é a principal cau...

arquivos

Abril 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Agosto 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Dezembro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Junho 2004

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
subscrever feeds