Segunda-feira, 23 de Fevereiro de 2009
O incêndio

 

Ontem estive para ir desta para melhor. É verdade, não estou a exagerar. Não fosse a minha mãe ter chegado àquela hora e hoje estariam a receber mensagens sobre o terrível infortúnio.
 
Eram duas da manhã e fui acordado com a notícia que o meu disjuntor de electricidade estava a arder. De facto, horas antes quando tomei banho senti um cheiro esquisito, mas nem liguei. Felizmente a minha mãe deu conta do sucedido e conseguiu avisar-me e, assim, não respirei os ditos ares que seriam fatais.
 
Aquilo à entrada estava mesmo a arder. Com alguma atrapalhação conseguimos retirar alguns objectos do armário da entrada (onde estava o disjuntor) e pensamos em agir. Na minha cabeça a primeira coisa que me ocorre é que, em caso de perigo, o imediato a fazer é pensar na situação e não agir com precipitação. Como o disjuntor a arder estava perto do cilindro, saio porta fora para alertar a vizinhança. Enquanto que a minha mãe tentava retirar o máximo de objectos que podia, o que foi muito sensato pois o prolongamento em cadeia das chamas podia ter consequências explosivas, fui eu, mais o vizinho, até à escadaria de serviço buscar um extintor. Apesar de alguma atrapalhação a retirar a patilha de segurança, lá conseguimos manejar o extintor e apagar o incêndio. Entretanto chegam bombeiros e polícia, prestando a assistência necessária em relação aos cuidados suplementares.

Tudo não passou de um susto, é certo, e a companhia de seguros agora tratará do assunto. Se querem que vos diga a verdade, confesso-vos que até achei uma experiência interessante. Primeiro porque fiquei contente comigo mesmo por ter conseguido ser o frio suficiente para dar o contributo necessário à situação; depois, porque apesar de ter estado a poucos minutos de conhecer o outro lado da vida, não me assustei minimamente, o que achei muito curioso! Como diria a Agustina Bessa-Luís, eu não levo a vida muito a sério!


publicado por Gil Nunes às 16:51
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


posts recentes

Novo Blog

Gil e a Igreja

Memórias dos 30 - O Pesad...

Auto-brincadeiras: todos ...

Memórias dos 30- Emanuel ...

Memórias dos 30 - O Marte...

Memórias dos 30 - Estrela...

O besouro(150 dias até ao...

Polonia -dia 1

A vodka é a principal cau...

arquivos

Abril 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Agosto 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Dezembro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Junho 2004

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
subscrever feeds