Segunda-feira, 19 de Outubro de 2009
Espinho - A Albânia cá do sítio

 

É a Albânia cá do sítio. Passar de Gaia para Espinho deve ser a mesma coisa que sair da Itália e entrar no velho país aniquilado pela tirania comunista de Enver Hoxha. Em Espinho as ruas não são rectas mas sim longas rectas. Para irmos de um ponto para o outro temos de contornar uma série infinita de sinais de trânsito o que, para quem tem fome, se torna muito agradável.
 
Se o ordenamento do trânsito não existe, o mesmo se pode dizer do aspecto da cidade. É uma cidade feia. Edifícios colocados ao acaso, uma linha de comboio que divide a cidade, uma falta de um fio condutor que retira toda a identidade. Então aquela zona ao redor do Estádio nem se fala. Parece mesmo que estou num país de Leste, só falta a foto do general com o dedo estendido a apontar em direcção ao infinito.
 
Com uma orla marítima com potencialidades, o melhor que eu consigo ver é um toldo enferrujado e meia – dúzia de peixeiras fazendo o seu negócio em cima dos muros. E não vejo pessoas a desfrutar da paisagem. O areal é vasto, as gaivotas até que dão um toque sui – generis mas de resto tudo se perde na insipiência do homem que pensou aquela cidade. È um jogo de computador em que se desistiu a meio porque a namorada chegou. As casas, a roupa a secar ao desvario, os bunkers e os prédios convivendo lado a lado.

Ontem almocei em Espinho. E não armei um escabeche no restaurante. Os mais próximos sabem que na maior parte das refeições como peixe ou galináceos e, como tal, tenho o palato perfeitamente preparado para distinguir peixe fresco de congelado. Mal dei a primeira dentada não tive dúvidas: era amargo, duro como se fosse um bife e não deslizava na língua de forma amanteigada. Estive para me revoltar e começar a disparatar com o empregado. Mas não o fiz. Seria daquelas discussão em que não se conclui se a bola entrou ou não na baliza. Uns dizem que não, outros que sim. Comi o que tinha a comer, paguei e jurei não mais colocar os pés naquele estabelecimento ou naquela cidade. Ainda bem que a Câmara mudou de Presidente!!!
 


publicado por Gil Nunes às 11:07
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


posts recentes

Novo Blog

Gil e a Igreja

Memórias dos 30 - O Pesad...

Auto-brincadeiras: todos ...

Memórias dos 30- Emanuel ...

Memórias dos 30 - O Marte...

Memórias dos 30 - Estrela...

O besouro(150 dias até ao...

Polonia -dia 1

A vodka é a principal cau...

arquivos

Abril 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Agosto 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Dezembro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Junho 2004

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
subscrever feeds