Quinta-feira, 17 de Fevereiro de 2005
A legitimidade do voto em branco- A opinião de um amigo( devidamente identificado)
O voto em branco não serve.
Tirando Saramago, que acredita que podemos voltar à ditadura com o voto em branco dos Portugueses, ninguém consegue justificar um voto em branco.
Tirando o próprio dia das eleições, que o gráfico dos votos em branco aparece no canto, nunca mais se ouve falar disso. Não tem realmente peso político.
O acto de votar é para decidir quem pode ter maior capacidade de gestão de um país. Mas, segundo as nossas leis democráticas, alguém tem de ser.
Em retórica, o voto em branco indica que nenhum dos candidatos cumpre os requisitos, mas a decisão e a responsabilidade estão a passa-la para outros. É assim que funciona. Outros vão decidir o futuro do País. É mais confortável assim? É, claro.
O voto em branco é para os “eu bem te disse...” é um acto de cobardia.
O voto em branco é para quem medo de assumir... mas assumir com diferenças, com posições, com alternativas mesmo para o próprio partido.
Como exemplo futebolístico: este campeonato não vou ser de nenhum clube. Existe isso?
Podemos fazer esta analogia? Ou a política tem paixões diferentes?
Esquerda unida jamais será vencida.


publicado por Gil Nunes às 16:43
link do post | comentar | favorito
|

4 comentários:
De Luis Santos a 18 de Fevereiro de 2005 às 16:00
Totalmente de acordo. Este Governo, ao qual lhe foi criado uma série de minas e armadilhas pelos poderosos, que mantêm privilégios desde o 25 de Abril, foi até hoje o único que teve a coragem de romper com interesses instalados, iniciando as reformas indispensáveis ao desenvolvimento e justiça no País. Contudo, o PR não deixou conclui-las por ter cedido nitidamente à pressão dessas classes, grupos e corporações, nomeadamente os Média, a Banca, os Sindicatos e outras associações empresariais.
Se ganharem os que cobardemente fugiram, como tudo indica, vamos ter apenas políticas de fachada, para “inglês ver”, continuidade das hipocrisias de protecção aos coitadinhos, “diria parasitas da sociedade” e a medíocre ideia que este Estado doente é que vai ter obrigação de criar empregos e outras coisas mais, como a proliferação dos estagnantes subsídios.
Para além disso vão ceder ainda mais aos interesses internacionais, veja-se o mar e as pescas, e aliarem-se à estrema esquerda para aprovarem a lei do aborto que desrespeita a Vida.

Tenhamos fé que não tenhamos o facto consumado...


De carlosduarte a 18 de Fevereiro de 2005 às 12:43
Meu caro Pedro Pereira, já deve ser crescido, mas ainda acredita no Pai Natal e na história da Carochinha. Isso de que um amigo que viu e não viu... é uma perfeita patetice. Caso não saiba, as mesas de voto são compostas por três ou quatro pessoas nomeadas pelos partidos políticos. Isso significa que em todas as mesas existe o “check-balance”. Ou seja, todos fiscalizam todos, independentemente do cargo de ocupam (Presidente de Mesa, Secretário ou até Escrutinador). Já estive várias vezes nas mesas de voto e conheço pessoas que o fazem há décadas. Acredite no que lhe digo: essa história de usurpar o voto em branco é pura fantasia e já devia ter juízo para não acreditar em fadas.


De Fernado Costa a 18 de Fevereiro de 2005 às 12:33
Não é preciso ser vidente para se adivinhar o futuro que aí vem...o povo vai votar no domingo no PS, completamente convencido, e iludido na minha opinião, de que mudar é para melhor...

Infelizmente, ainda não encontrei neste PS, nenhuma figura política, nem um programa, digno de merecer a confiança dos portugueses.

O país precisa urgentemente de alguém com visão e coragem para encontrar e aplicar medidas concretas para a saída desta crise...e não ser novamente governado pelos mesmos que abandonaram o país há 3 anos atrás, com as mesmas idéias, com o mesmo discurso e com a inércia de sempre..."estudar", "dialogar", "planear"...

Verdade seja dita, o PSD não está isento de culpa, poderia ter feito muito mais nestes 3 anos...mas também é bom lembrar, que é injusto imputar parte dessa culpa a Santana Lopes, que só esteve 4 meses no governo...e no qual tomou decisões difíceis...lei das rendas, scuts, quebra do sigilo bancário, taxação de impostos na banca, saúde, reforma da função pública,... Na minha opinião, o Presidente da República nunca deveria ter dissolvido o parlamento...dando assim espaço ao Povo para julgar no devido tempo este governo...desta forma fica sempre a dúvida se a àrvore algum dia chegaria a dar frutos.


De Pedro Pereira a 17 de Fevereiro de 2005 às 20:27
É inquestionável que o voto em branco é uma opção de voto tão digna como as demais.
Se alguém segue a política e não se revê em nenhum partido, qual o problema de votar em branco?!
Aparentemente nenhum. No entanto, é preciso ter cuidado com aqueles que convertem o voto em branco no voto do seu próprio partido.
Acreditem ou não, infelizmente há "artistas" que durante a contagem dos votos tiram partido da posição que ocupam.
Este aviso chegou aos meus ouvidos por intermédio de um amigo que no próximo dia voltará a estar nas urnas para posteriormente proceder à contagem dos votos.
A alternativa credível ao voto em branco, pelo menos para mim, passou a ser o voto nulo. Mas como quero dar o meu contributo, decidi, pela primeira vez, votar num partido.



Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


posts recentes

Novo Blog

Gil e a Igreja

Memórias dos 30 - O Pesad...

Auto-brincadeiras: todos ...

Memórias dos 30- Emanuel ...

Memórias dos 30 - O Marte...

Memórias dos 30 - Estrela...

O besouro(150 dias até ao...

Polonia -dia 1

A vodka é a principal cau...

arquivos

Abril 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Agosto 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Dezembro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Junho 2004

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
subscrever feeds