Quarta-feira, 14 de Janeiro de 2009
A sauna russa

Hoje o dia foi reservado a sauna. Nao porque eu goste de saune ate porque, enquanto jogador do A.C.Gaia, fui confrontado com esta actividade todas as quintas.feiras e sinceramente nunca fui apreciador. Mas, todavia, tambem nao objectei o programa vespertino.

 

Os relatos dos guias davam conta de uma verdadeira sauna russa, a semelhanca daquelas que evitaram a peste dos seus frequentadores durante o sec.XVII. E, de facto, o edificio fazia crer que a historia nao tinha passado por aquela extremidade de Tallinn> degradado, de cimento velho e esbatido, com um aspecto pouco convidativo.

 

A entrada a separacao entre homens e mulheres. Eu o Filipe entramos e de imediato um choque tremendo. Uma data de russos mostrados como vieram ao mundo, conversando junto a mesas repletas de peles de peixe. Repugnante, sem duvida, mas pior ficamos quando vimos um deles junto a mesa comendo, nu, um robalo frio e bebendo cerveja Heineken. Confesso que tive vontade de vomitar mas, respirando fundo, la continuei com o programa das festividades.

 

Logo concordamos que | Em Roma se romano|. Portanto, toca a despir e a ficar como Deus aqui nos colocou. Aquela sauna estava inundada de gente e nos, atonitos, nao sabiamos o que fazer. Mal entrei na sauna o meu primeiro pensamento foi \ as saunas portuguesas sao para maricas|. Um calor insuportavel, de tal forma que eu mal conseguia respirar. La dentro uma data de russos com um leque de eucalipto na mao auto.vergastando.se com uma violencia tal que eu nao sei de que forma nao existiram feridos. So la fiquei dois minutos, altura em que desisti e fui tomar banho. Nem me atrevi a dar uma saltada na piscina de agua fria, pois logo imaginei um tanque de suor la misturado.

 

Nos balnearios, enquanto me vestia, la continuavam os russos nos bancos comendo, bebendo e rindo como se estivessem num qualquer bar. A saida pensei em nao voltar mais aquele ambiente degradante. Digo.vos, nao sei como as pestes foram evitadas no sec.XVII!


tags:

publicado por Gil Nunes às 23:43
link do post | comentar | favorito
|

Helsinquia dia 4

Dinamismo, sensualidade e performance. Nao poderiam haver ingredientes mais acertados para definirem com rigor a capital da Finlandia. Nas ruas, as pessoas movimentam.se com bastante azafama, no meio do turbilhao de centros empresariais que caracterizam uma das joias da Escandinavia. Todavia, o quadro nao ficaria bem descrito sem o contributo da mulher finlandesa.. Sim, existe uma passagem de modelos em cada esquina,que com o seu andar firme e definido concorrem a todos os segundos a Miss Mundo.

 

Olho para Helsinquia e vejo uma cidade evoluida e civilizada. Durante a visita a Suommenlina fiquei atonito quando nao vi os guardas a confirmarem os bilhetes aos passageiros do barco. Confia.se cegamente na cultura finlandesa, presente tambem no silencio das criancas, na cordialidade para com os mais idosos e na prestabilidade das informacoes fornecidas. Porque o desenvolvimento de um pais nao se mede apenas pelo PIB.

 

Concretizei o antigo desejo de visitar a Escandinavia e tambem de navegar a bordo do Viking Express. Pena que fui numa epoca baixa e os passageiros eram escassos. Calculo que, noutro periodo, a viagem se teria tornado numa diversao inesquecivel.

 

Regressados a Tallinn, descubro uma cidade e um pais a trilhar os rumos do desenvolvimento, piscando o olho ao bloco nordico e despregando.se das amarras sovieticas. Aqui, na Estonia, o finlandes e o melhor amigo. Apesar disso, aqui e acola, sentem.se alguns resquicios do dominio de meio seculo da ex. Uniao Sovietica. A independencia parece definitivamente ter valido a pena. No meio da tragedia, todavia, um efeito benefico na mudanca de mentalidades e no encontro com o caminho certo. Atencao mundo...a Estonia promete!


tags:

publicado por Gil Nunes às 14:56
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


posts recentes

A sauna russa

Helsinquia dia 4

arquivos

Abril 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Agosto 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Dezembro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Junho 2004

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
subscrever feeds