Quinta-feira, 6 de Agosto de 2009
Problemas de concentração e Cristiano Ronaldo

 

Tenho problemas de concentração. Aliás, melhor dizendo, tenho problemas de concentração camuflados. Mas o mais curioso de toda esta situação é que faço questão de os ter.
 
Reflexão feita na passada segunda – feira quando, durante uma hora, consegui ver um programa de televisão na sua totalidade. Considerei aquilo um feito, dado que é muito difícil conseguir ficar agarrado a um tema durante tanto o tempo sem que me distraia. Em todas as situações da vida que envolva concentração durante um certo período de tempo eu raramente me consigo fixar.
 
Lembro-me de estar na escola, ou mesmo na universidade, a fazer as provas. Era daqueles que respondia às questões todas, nem que fosse para escrever o maior disparate do mundo. Mas às vezes respondia por responder. Fazia muito bem um terço da prova e depois começava a pensar: “Eh pá, não me apetece nada fazer o resto. Vou por aqui duas ou três “charutadas” a ver se cola. Também esta matéria não interessa nem ao Menino – Jesus. E por falar em religião…” e continuava num blá – blá com o meu “eu” interior que pouco se preocupa com as avaliações.
 
Às vezes nas correcções até que sabia a resposta correcta. Mas também a escola, por vezes, é tão chata. Confesso que, por vezes, fazia os testes mesmo com o intuito de escrever o que me viesse na gana. “Os Açores foram descobertos pelos portugueses. Mas se tivessem sido os espanhóis tinha sido em grande. Porque que motivo descobriram as Canárias e não os Açores e a Madeira? O Cristiano Ronaldo hoje jogaria em Espanha e toda uma problemática de transferência por certo não se teria colocado. Bastaríamos ir ao passado e mudar a vontade de um rei!”


publicado por Gil Nunes às 12:25
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 13 de Janeiro de 2008
Detalhes

A vida é repleta de pequenas curiosidades e detalhes. É frase feita, por certo, mas os exemplos atestam a sua realidade. Registemos, então!

 

Neste curto post quero dar a conhecer apenas dois exemplos. Um mais recente, quando na passada sexta-feira verifiquei que duas portas absolutamente iguais, mas colocadas em sítios distintos(Talho e local de trabalho) estavam ambas avariadas e com o mesmo problema. Distraído, quando por elas passei esqueci-me de as segurar, pelo que em ambas se deu o mesmo estrondo. Um "cabong" monstruoso e indelicado, em duas almas gémeas de corações de vidro, unidas pelo mesmo sofrimento de parafusos.

 

Lembro-me também de uma curiosa história contada por um amigo observador, esta no domínio da columbofilia. Contou-me ele que um dia viu uma pomba sem uma pata no Cais de Gaia, de manhã. À tarde, na Avenida dos Aliados, garantiu ter visto exactamente a mesma pomba a olhar para ele! Fantástico!



publicado por Gil Nunes às 03:10
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


posts recentes

Problemas de concentração...

Detalhes

arquivos

Abril 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Agosto 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Dezembro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Junho 2004

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
subscrever feeds