Domingo, 11 de Maio de 2008
Jurek e algumas palavras polacas

Ainda no rescaldo das inesquecíveis férias na Polónia(obrigado amigo Nuno Bezelga por toda a hospitalidade), quero partilhar com vocês um excelente prato que tive o prazer de experimentar.

 

A Jurek é uma sopa tradicional polaca constituída por um mega-pão moldado em forma de mini-caldeirão. Depois de comermos o pequeno tacho, descobrirmos no seu interior um caldo com pequenos nacos de carne, verdura e alguns condimentos. O truque para que a nossa Jurek fique mais suculenta passa por molharmos o miolo do pão, que se encontra no seu interior, e mistura-lo com o caldo, fazendo assim uma espécie de sopa sólida.

 

Sou apologista que conhecer um novo país é também sinónimo de entrarmos sem receio nos seus costumes culinários. Apesar de ser um pouco condimentada, a comida polaca tem traços de gosto e de requinte, sofrendo influências de vários países que estão à sua volta. Além da Jurek, recomendo também o Strogonoff de carne. É uma espécie de tapas de carne de vaca, envoltas num molho extremamente acetinado. Acompanhado por batatas assados, posso dizer que é um belo jantar!

 

Mudando de assunto, na Polónia é muito dificil encontrarmos, no cidadão comum, alguém que fale fluentemente inglês. Deste modo, para nos desenrascarmos, é necessário aprender algumas palavras básicas para podermos comunicar. É claro que não podemos deixar de parte a destreza na linguagem gestual. Aqui ficam, de seguida,algumas palavras que aprendi. Peço que não levem a sério a forma como estão escritas, pois apenas vou ter interpretar a sua sonoridade:

 

Djin Dobre- Bom Dia;

Dobi Sagna- Adeus;

Pro Proche- Por Favor;

Jancuia- Obrigado;

Jancuia Varzo- Muito Obrigado;

Tak-Sim;

Niet- Não;

Levo- Esquerda;

Pravo- Direita;

Prosto- Em Frente;

Rasunia- Percebi;

Niet Rasunia- Não percebi;

Iac Movie Maoe Popolsko- Eu falo um pouco de polaco;

Perón- Linha

Maoe- Pouco

Varzo- Muito

 

Outros aspectos interessantes prendem-se com a forma como lemos os nomes das cidades.

 

Kraków lê-se "Krakuf"

Lodz lê-se "Utche"

Wroclaw lê-se "Brotssuava"

Nysa lê-se "Nissa"

 

 

 

 

 


tags:

publicado por Gil Nunes às 14:35
link do post | favorito

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


posts recentes

Novo Blog

Gil e a Igreja

Memórias dos 30 - O Pesad...

Auto-brincadeiras: todos ...

Memórias dos 30- Emanuel ...

Memórias dos 30 - O Marte...

Memórias dos 30 - Estrela...

O besouro(150 dias até ao...

Polonia -dia 1

A vodka é a principal cau...

arquivos

Abril 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Agosto 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Dezembro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Junho 2004

tags

todas as tags

links
subscrever feeds