Quarta-feira, 23 de Julho de 2008
Dois segredos- Massimo Finucci e Paul Inglethorp

Não sofrem de problemas de saúde, não têm contas para pagar e podem ir onde bem eu entender. Não sei se já viram o filme "Os Condenados de Shawshank" mas as duas personagens por mim criadas circulam na Internet como se fossem de carne e osso. Hoje, fique a conhecer o galã italiano Massimo Finucci e o empresário agrícola britânico Paul Inglethorp.

 

Massimo Finucci

 

Foi criado em 2000, com o intuito de seduzir uma rapariga através de mensagens de telemóvel. Daí até aos dias de hoje Massimo Finucci tem-se dedicado ao negócio da bolsa a partir do computador de sua casa, na Plaza Duomo de Milão. Alto e espadaudo, é solteiro mas o estereotipo de gala fa-lo aparecer nas capas de revista com bastante regularidade. Verdadeiro gentleman, é apreciador de visitas a galerias de arte, museus, cinema e teatro. É coleccionador de vinhos e chega a gastar balúrdios com encomendas de todo o mundo. Tem uma pequena cadela, Balotta, com quem vive no seu apartamento luxuoso. É presença assídua em festa do socialite, onde arrasa com o seu bem vestir e as suas tiradas imparáveis. Já foi inclusive sondado pela princesa Stephanie do Monaco!

 

Paul Inglethorp

 

Empresário agrícola radicado em Braga, onde mantém uma plantação de kiwis. Veste-se à base de gangas e t-shirt, bebe bagaço e ri-se de forma estridente. Não é, de todo, o típico gentleman britânico. Tem cabelo preto, curto, que acentua ainda mais a sua altura desmesurada. Sim, Inglethorp jogou basquetebol em Birmingham e chegou mesmo à selecção inglesa. Porém, uma oportunidade de negócio em Portugal fe-lo viajar para o nosso país, onde mantém uma vida tranquila na companhia da mulher, Dália.

Tem no restauro de automóveis um dos seus principais hobbies. Chega, inclusive, a ganhar algum dinheiro com este talento, que lhe deu fama além fronteiras. De resto, não dispensa um bom porco no espeto regado com cerveja e vinho do Porto, ao som dos muitos galos da sua quinta. Ah, e até fala português sem sotaque! Que estranho, não é? Foi criado em 2007!

 

Origem dos nomes:

 

Massimo- Para dar um certo carisma à personagem, fazendo o encaixe com o português "Máximo";

 

Finucci- Em homenagem ao filme "Oscar" onde os irmãos Finucci eram um dos principais pontos humorísticos;

 

Paul- Em homenagem ao jogo de computador Championship Manager. Na primeira vez que joguei, a minha primeira contratação foi um escoces chamado Paul McKnight. Era mesmo mau mas com o decorrer do jogo não mais o vendi!

 

Inglethorp- Em homenagem a Alfred Inglethorp, personagem do livro de Agatha Christie "O Misterioso Caso de Styles"

 

 



publicado por Gil Nunes às 22:45
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


posts recentes

Novo Blog

Gil e a Igreja

Memórias dos 30 - O Pesad...

Auto-brincadeiras: todos ...

Memórias dos 30- Emanuel ...

Memórias dos 30 - O Marte...

Memórias dos 30 - Estrela...

O besouro(150 dias até ao...

Polonia -dia 1

A vodka é a principal cau...

arquivos

Abril 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Agosto 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Dezembro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Junho 2004

tags

todas as tags

links
subscrever feeds