Quarta-feira, 6 de Agosto de 2008
A lição Kaunas

 

Hoje aprendi algo. Pode ser um pequeno pormenor sem importância nenhuma no contexto da minha vida, mas continuo com a sensação que os acontecimentos falam comigo de forma a tentarem colocar a minha mente mais circular.
 
No meio de um dia passado a estudar a obra de Alexander Soljenitsin, soube ao final da tarde que o Kaunas tinha eliminado o Rangers, o que para os menos atentos sobre a realidade do futebol corresponde a uma enorme surpresa. De um lado o campeão da Lituânia, do outro o finalista vencido da Taça Uefa.
 
Há cerca de duas semanas li detalhadamente um artigo que falava da equipa lituana, as suas estrelas, aspectos tácticos, num trabalho jornalístico complementado com declarações de José Couceiro, o seu treinador. E aqui, antes de mais nada, entra em campo o duelo entre a minha razão e emoção. Por muito que eu não reconheça competências ao treinador português e que questione as suas escolhas e abordagens de jogo, havia algo naquela entrevista que me dava a entender que as opções tomadas eram as mais correctas. Digamos que um palpite, uma inspiração, algo não entendível.
 
Dizem-me alguns meus próximos que eu devia fiar-me com mais convicção nos meus instintos e nos meus impulsos. Se a lógica da razão me apresentava sem dúvidas a escolha Rangers, do outro lado um laivo de espírito me fazia acreditar nos lituanos. E o champagne brotou em Vilnius!
 
Costumo dizer que aprendo mais com pequenos exemplos do que com grandes faladuras, na sequência do post anterior em que falo da dificil arte de dar conselhos. Hoje, dei comigo a pensar que afinal de contas os meus impulsos podem indicar-me o local certo. Como diria um conhecido meu, por muito que os meus ideias estejam bem definidos, se calhar sou bem mais espiritual do que aquilo que pareço. Será que sou um racional com fé?
 
Dizia-me uma amiga que talvez necessite de me conhecer melhor. Eu acho que o meu entendimento do que quero e para onde vou já foi conseguido. Acho é que o que me rodeia me pode ensinar mais do que aquilo que eu espero. Ouvidos e olhos bem atentos, a lição Kaunas pelos vistos veio para ficar!


publicado por Gil Nunes às 01:53
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


posts recentes

Novo Blog

Gil e a Igreja

Memórias dos 30 - O Pesad...

Auto-brincadeiras: todos ...

Memórias dos 30- Emanuel ...

Memórias dos 30 - O Marte...

Memórias dos 30 - Estrela...

O besouro(150 dias até ao...

Polonia -dia 1

A vodka é a principal cau...

arquivos

Abril 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Agosto 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Dezembro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Junho 2004

tags

todas as tags

links
subscrever feeds