Terça-feira, 4 de Outubro de 2005
Entrevista feita por Marco Rodrigues, estudante
Obrigado Marco por me teres contactado. Aqui fica a transcrição da tua entrevista, com os votos das maiores felicidades.

Como surgiu este nome, Regueifa do Irão?

Sou um pleno defensor de que o sentido mais importante do ser humano é a audição. Como tal, muitas vezes reparo em frases ou comentários deixados para o ar, como foi este caso. Há alguns anos, quando me passeava na rua Marquês Sá da Bandeira, um grupo de jovens divertia-se com a imaginação, a mais nobre faculdade do ser humano. Entre alguns dos brilhantes disparates ditos, eis que surgiu a Regueifa do Irão! Portanto, o autor é anónimo e o seu utilizador um ladrão criativo no bom sentido, que não queria deixar morrer tamanho testemunho de inteligência!

De que fala o blog?

O blog é eclético, fala de tudo. Aliás, o seu principal trunfo é estar aberto a todos os temas, consoante a disposição ou o estado de espírito do seu autor.

Tem recebido muito feed-back?

Sim, tenho recebido bastantes, sobretudo ao nível de e-mails. Sei que é bastante lido e já me abordaram para discutir este ou aquele tema. É certo que os comentários tem sido escassos, mas penso que esse não é um problema só da Regueifa do Irão!

Como gestor de conteúdos e jornalista, como vê a cidade de Gaia no aspecto político?

Como é óbvio, não quero aqui escancarar a minha ideologia política. É óbvio que a tenho, mas prefiro não abrir o jogo. Posso até acrescentar que a médio prazo poderei revela-lo e mesmo filiar-me num partido, dado ter tido algumas abordagens. No entanto, vejo a política como apenas um factor para o desenvolvimento das sociedades. Sou apologista que é mais importante ter um país competitivo, a nível educativo, social e sobretudo cultural para que possa haver um desenvolvimento global. Como tal, a política poderá ter um papel de fomento deste tipo de medidas, sobretudo ao nível de implementação do gosto e de prazer da escola. Penso que este país revela alguma falta de maturidade e esse aspecto constata-se, por exemplo, nas televisões( com os reality-shows) ou nas publicações( Revista Maria a mais vendida em Portugal). É necessário inverter estas tendências a longo-prazo, pois só aí é que o país poderá dar o salto desejado. Penso que este país tem um excesso de timoneiros e uma carência de remadores. Senão vejamos o exemplo dos Estados Unidos: um líder fraco, gozado e um país hiper-competitivo no plano mundial.

Mas pensa que a política é então dispensável?

Não digo que seja dispensável mas nos actuais moldes pouco interessa. A falta de rigor e o excesso de laxismo das pessoas é que tem que ser combatido. Acho que, como já disse, os governantes devem apostar fortemente no plano educativo e cultural, de modo a se criarem plataformas de excelência, tão necessárias em Portugal. Noutra esfera, penso que seria necessário apostar num ecumenismo político e não num ataque tão feroz entre forças políticas. Há medidas boas e menos boas em todos os quadrantes. Fico triste ao ver que nas campanhas se tiram coelhos da cartola simplesmente para se ganharem votos. Assim não há garantias de sucesso. Deveria haver acordos de cooperação entre as forças políticas em determinadas áreas, recorrendo-se sobretudo aos pareceres da comunidade científica. Com todo este ecumenismo, seja político, científico, ideológico, seria tudo muito mais fácil. Assim, parece que vamos todos para lados diferentes!

Faz com frequência raciocínios filosóficos. A área fascina-o?

Sim, bastante. Acho que se nos limitarmos a analisar a vida do modo que nos é apresentada à primeira vista, ela acabará por se tornar monótona. Às vezes andamos tristes, moribundos, e não nos apercebemos da beleza extraordinária que prolifera à nossa volta, nas coisas mais banais do dia-a-dia. É esse, para mim, o sinal que algo de mais sublime existe e que não pode ser ignorado. Seja como fôr, não faço da filosofia uma religião. Todas as religiões que sejam vocacionadas para o bem e para o humanismo são benvindas. O tempo, omnipresente, julgará aqueles que falam ou não verdade.

Vejo que tece bastantes análises ao futebol?

Nesse tema não consigo ser imparcial. Sou mesmo portista de gema! Gosto de viver as coisas com paixão e o meu clube não foge à regra

Qual é a sua idade?

24

Projectos para o futuro?

Continuar a dinamizar o portal Gaia Global, tentando dar a informação necessária e humanizá-lo o mais possível. Na minha opinião, a tecnologia terá que ser adaptada à sensibilidade de modo a que possa chegar de modo mais vincado às pessoas. Tentarei levar o nome da cidade digital o mais longe possível assentando em rigor, actualidade e humanismo. Fico muito feliz com a aceitação do “Cidadão da Semana”. É uma forma de darmos voz a gente com imenso talento.
Como jornalista, tentar informar com a máxima isenção possível e esclarecer as pessoas sobre a realidade a que não podem assistir.
Como desportista, tentar cumprir com os objectivos propostos pelo A.C.Gaia, ou seja, subirmos de divisão
Noutra esfera, viajar o mais possível, conhecer novas pessoas, novas culturas,etc. Tenho sempre espaço para um bom “chit-chat” ou para uma reflexão. Conheço 25 países do mundo mas não quero ficar por aqui.


publicado por Gil Nunes às 13:53
link do post | comentar | favorito

1 comentário:
De umbigo endiabrado a 6 de Outubro de 2005 às 21:09
Boas perguntas e respostas ainda melhores. Parabéns ao entrevistador e ao entrevistado!


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


posts recentes

Novo Blog

Gil e a Igreja

Memórias dos 30 - O Pesad...

Auto-brincadeiras: todos ...

Memórias dos 30- Emanuel ...

Memórias dos 30 - O Marte...

Memórias dos 30 - Estrela...

O besouro(150 dias até ao...

Polonia -dia 1

A vodka é a principal cau...

arquivos

Abril 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Agosto 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Dezembro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Junho 2004

tags

todas as tags

links
subscrever feeds