Sexta-feira, 18 de Fevereiro de 2005
Portugal 2015

21 de outubro de 2015... No campo político, o Governo de José Socrates parece estar a dar os últimos suspiros. Apesar das reformas positivas no campo da sáude ( criação do enfermeiro da família) e na educação ( inclusão do inglês no ensino básico), os socialistas não conseguiram disfarçar o incómodo nas fortes reprimendas da União Europeia em relação ao cenário económico nacional. O PSD, comandado por Luis Filipe Menezes, apresenta-se como o mais que provavel vencerdor das eleições. Louça, o histórico do BE, prepara-se para obter um resultado memorável, havendo mesmo algumas projeccoes que colocam o BE como segunda força política do país. O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, sente-se finalmente aliviado por ver cair um Governo que tanto atrito lhe causou Na sociedade, as famílias portuguesas estão cada vez mais endividadas. Depois de algum crescimento efémero, o desemprego disparou em flecha, havendo múltiplos despedimentos. A invasao chinesa deixou profundas marcas na sociedade nacional e internacional, estando a ser previstas medidas de entrave á entradas dos produtos asiáticos na economia global. Os direitos humanos são constantemente evocados, num capítulo que o Partido Socialista saberá gerir com moderação. No desporto Rui Faria, novo treinador do F.C.Porto, fala em discursos de vitória na Liga dos Campeões, repetindo os exitos do seu tutor José Mourinho. O Sporting, campeão nacional, continua a saborear uma fluidez económica invejável, fruto das vendas de Fabio Paim e Bruno Fernandes.O treinador Andre Vilas Boas tem motivos para almejar o título. No Benfica, agudiza-se a crise directiva, com vários directores a pedirem a cabeça de Luis Filipe Vieira. Luis Tadeu, ex-candidato, afigura-se como o Presidente mais provável, a uma instituição que vive tempos difíceis. José Mourinho é que soma e segue. As pressões internas e externas não o parecem incomodar minimanente. A sua Juventus lá caminha paulatinamente rumo ao scudetto. Pena que não tenha conseguido o apuramento para a Champions na epoca passada... la se arriscava Mourinho a ser tri-campeao europeu! O seleccionador nacional Paulo Sousa não tem dúvidas! João Moutinho é mesmo o melhor jogador portugues da actualidade, sendo uma referencia nacional e habilitando-se a seguir as pisadas de Luis Figo



publicado por Gil Nunes às 12:36
link do post | comentar | favorito

2 comentários:
De umbigo endiabrado a 18 de Fevereiro de 2005 às 13:02
Curioso este comentário! Só vê para um lado, não? Então, diga-me lá as propostas dos partidos de direita para o nosso país... Ser um bom "vivant" ou substituir velhinhos carros de guerra? É mesmo disso que nós estamos a precisar, sem dúvida! Ah, e já me esquecia dos submarinos, deveras importantes para a felicidade nacional! Pena é os nossos polícias não terem dinheiro, sequer, para uma arma que os defenda dos topos de gama dos criminosos!


De atento a 18 de Fevereiro de 2005 às 12:49
NÃO SEJA RIDÍCULO!
Expressão útilizada pelo eng. José Socrates cada vez que confrontado com as suas incoerencias.
Ao nível de marketing politico, foi a forma que encontrou para tentar omitir a sua falta de preparação para as respostas , face a questões que a ele eram dirigidas, não somente por quem o confrontava , mas em nome dos portugueses.
Ou seja chamou de ridicúlo a cada portugues que não entendeu bem as propostas dele, mesmo das poucas.

Prometeu 150 mil empregos no início de campanha , no fim diz que é apenas um sonho pessoal.

Prometeu aumentar os reformados para 300 euros no inicio de campanha , a meio já prometia aumentar a idade da reforma e por fim diz que quando chegar ao governo vai estudar, só alterando alguma regra caso ache que o sistema esteja pronto para ruptura no dia seguinte( Palavras de Socrates)....

Prometeu a co-incineração nas cimenteiras de Souselas e Palmela, mas em souselas o deputado socialista Manuel Alegre , já disse não1 e em Palmela o dr António Vitorino , tambem já disse não!

Passou toda a campanha desviando as atenções para questões de foro pessoal, por vezes denegrindo a propria imagem e fazendo chacóta de expressões de outros candidatos, tudo para fugir a apresentação de propostas.

Hoje , final de campanha , nenhum socialista conhece nem uma só proposta do seu partido, pois as que faziam parte de seu programa , durante a campanha foram surgindo eliminadas por militantes socialistas.

Ridicúlo sim , é as sondagens que surgem agora mal explicadas , pois em Janeiro com 43% de votos directos e 48% contando com acumulação de indecisos , estavam PERTO da maioria absoluta.
Agora com apenas 34% de votos directos , ou seja menos 9% já tem MAIORIA ABSOLUTA.
Falta explicar o metodo de contagem , que o responsável pela sondagem , afim de fugir a responsabilidades disse:
"-Existem 14% de indecisos que provavelmente irão todos votar no PPD/PSD nas proximas eleições!
Talvez não seja necessário fazer nenhum desenho , para que todos entendam esta engenharia.
È para confundir o eleitorado centrista que recusa coligações com Jerónimo de Sousa e com dr Francisco Louçã.
Este eleitorado estava pensando em dar voto a partidos sem expressão , só para nao ver os RADICALISTAS no poder.

Assim vamos ter 3 em 1.
Vota num partido de esquerda e leva com 3 , que são o PS +CDU+BE

Desde que o sr presidente da república decidiu ficar sozinho a tomar conta do país , ate o desemprego atingiu nives records.
Mas a culpa não é toda impútavel ao sr presidente , pois falando com vários empresarios , ficou a garantia de com Socrates no governo , para alem de não investirem nada mais no pais , vão eleiminar postos de trabalho e há medida que as sondagens tornadas públicas a favor de Socrates foram aparecendo, assim o desemprego acompanhava...

A imprensa internacional não esta a perdoar nada ao PS e nem esqueceu o RUMO guterrista , alertando inclusivé ao risco económico que este partido ameaça de novo.
Os investidores internacionais , já iniciaram o fecho de posições bolsistas no nosso pais e diariamente lançam downgrades sobre as nossas empresas cotadas , tendo no dia de hoje atinjido o record.

Infelizmente tenho a convicção que o eng José Socrates vai voltar a dar a conhecer aos portugueses a palavra FOME...
Só apresentou discursos populistas, sem concretizar numca uma única medida .
A frase mais repetida na campanha pelo sr eng foi esta:
"- Estas eleições são boas para o Partido Socialista!"

Talvez sejam mesmo boas para o partido, mas quem vai pagar a factura eu já sei quem será...


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


posts recentes

Novo Blog

Gil e a Igreja

Memórias dos 30 - O Pesad...

Auto-brincadeiras: todos ...

Memórias dos 30- Emanuel ...

Memórias dos 30 - O Marte...

Memórias dos 30 - Estrela...

O besouro(150 dias até ao...

Polonia -dia 1

A vodka é a principal cau...

arquivos

Abril 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Agosto 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Dezembro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Junho 2004

tags

todas as tags

links
subscrever feeds